21.7.08

I'll show you mine if you show me yours


Are you ready to play the game
Ready to lose it all

Sure you want to play

This Tainted love?

(
Tainted love, Kwan)


Tenho uma amiga que não suporta O Sexo e a Cidade. E, no entanto, não me surpreenderia nada se viesse a descobrir que muitas daquelas gagues deliciosas foram inspiradas na sua desvairada vida amorosa. Sim, essa minha amiga tem aquilo que podemos chamar de "queda" para o desastre. Chegada à encruzilhada dos trinta, ela é a encarnação perfeita da mulher moderna, independente e bem resolvida sexualmente que, sem perder a graça, mas já meio cismada quanto às suas opções de vida, se começa a interrogar: "será que tenho apostado nos cavalos errados?"

Parece que não está nada fácil às mulheres arranjarem um homem decente nos dias que correm. Não querendo ser cínico, eu diria que, no caso dela, não ajuda muito o seu humor afiado como uma navalha - aliás, arriscar-me-ia a acrescentar que só há uma coisa que deixa os machos de plantão mais vulneráveis do que se sentirem presas de uma mulher sexualmente activa; que é o de se sentirem alvo da chacota de uma mulher inteligente. É que esta minha amiga têm o péssimo hábito - mas que nos poupa a nós, os amigos, a tarefa ingrata de troçar dos seus namorados às escondidas - de ser a primeira a fazer piadas de um namorado que se revele mais desajeitado, não hesitando mesmo em dar-lhes petit noms nem sempre muito lisonjeiros. Tal pode ser encarado como meio caminho andado para o desaire amoroso, mas não é isso que está em causa.

Confesso que, às vezes - mea culpa, assumo, não é só às vezes, mas o que querem se, tratando-se dos amores alheios, eu sou de uma clarividência quase sempre certeira... -, me falta paciência para fazer, pela enésima vez, o papel de confidente sobre amores que cedo revelaram - pelo menos aos meus olhos, mas, que sei eu, afinal sou míope... - não ter pernas para andar, mas, shame on me, sou dos primeiros a soltar a gargalhada quando ela, com o seu seu jeito muito "Fernanda Young" de ser, abre a caixa e começa a desfiar o rosário de "acidentes de percurso". Num destes dias de muito calor, estávamos nós os dois na praia, a torrar ao sol, quando ela se sai com esta pérola:
- "ah, Oz, teve um tipo com quem sai por pouco tempo, um homem bem bonito por sinal, que, numa das vezes que me chamou para conversar no MSN, perguntou se podia ligar a cam... Eu respondi que sim, mas não esperava que ele fosse começar a despir-se... Pior, a dada altura, e sem me dar sequer tempo para reagir, quando vi já ele estava a bater uma!!!! Nossa, acho que nem consegui dormir direito nessa noite..."

Eu, que conheço bem a amiga que tenho, não resisti a provocar:
- "Hummmmmmmm, confessa, não foste apanhada tão desprevenida quanto isso... Quase aposto, tu bem deves ter dado corda ao desgraçado para ele se enforcar, confessa..."

Ela, que me conhece, mas não tão bem quanto julga, não se deu por achada:
- "Ah, sabes como é, né, rsssssssssss... Mas, sério, eu realmente não tinha previsto aquilo...Agora, admito, claro que não resisti a contar a alguns amigos. Os meus amigos gays, então, ficaram histéricos e só me diziam 'gente, pensava que esse tipo de coisas só aconteciam connosco!'. Ai, tu sabes que eu não presto mesmo, quase que fiquei tentada a chamar alguns deles lá a casa na segunda vez em que ele fez o seu showzinho para mim... rsssssssssss!"

Eu, como quem não quer a coisa, sacudi a água do capote:
- "Tu não prestas mesmo! rsssssssss E esses teus amigos, hein, não se cansam nunca de ver um homem com as calças arreadas! rsssssssssssssssssss"

É, por estas, e por outras também que não vêm agora ao caso, a mim, que sou moderno-mas-não-tão-moderno-assim, muito dificilmente me apanharão algum dia com as calças na mão fora de contexto adequado... Sim, tenho medo de ir parar ao youtube, sim, não me agrada a ideia de cair na boca do povo... Mas, mais do que isso, eu sou mesmo é, tratando-se de baixar as calças, um tipo à moda antiga. Chamem-me puritano, mas eu ainda sou daqueles que, à falta do lugar certo, prefere ficar-se pelo implícito. Além de que já passei da idade para me contentar com puerilidades do género "mostro o meu se tu me mostrares o teu". But I'm sorry I don't pray that way. Para mim, as coisas resolvem-se com as cartas na mão, sem trunfos escondidos nas mangas. E ai ou se paga para ver ou não. Como quem diz: "ajoelhou, agora vai ter de rezar".


17 comentários:

Goiano disse...

oi ?
dá licença...
eu vi uma oferta... em que se paga pra ver... eu posso pagar com cartão de crédito ou com o corpo?

Edu disse...

Ok, pok, eu confesso!! Ontem ao me despir pra tomar banho na casa nova, empinei o cu para o espelho, a la "frango assado", pra ver como é que estava a coisa lá atrás. Acho que ainda dá caldo pro Mauricio... :-)

Mas nada mais excitante que o implícito ou o que fica na imaginação: em termos de erotismo, sou muito mais de ler contos que de ver imagens. É boooooom!!! :-)

Dia 2. Preciso urgente descobrir uma pizzaria no bairro. Se não vou ter que cozinhar (e vocês terão que comer!!) :-)

[mega] Paulo Mamedes disse...

Huauahaua, sortuda a sua amiga!

FOXX disse...


eu mostro
como fazemos?


kkkkkkk

Râzi disse...

ahuahauhuhauhauahauh!!!

Ajoelhar e rezar??? Ahjauhuhauhaauhauahauhauhau!

Ai, vou pegar no seu pé por conta disso, vc sabe, né????

Ahauhauahauhauhaauhauhau!

Ah, meu amor, eu também tenho medo do Youtube!!! Afinal, nunca sabemos quem realmente está do outro lado! Pode ser um colecionador compulsivo que quer apenas umas poucas imagens pra si mesmo, mas também pode ser um safado!

Beijão!

Special K disse...

LOl! Tens um leque de amigas bem curioso.
Um abraço.

pinguim disse...

Uma "putinha" essa amiga, hein????
Convidar amigos gay para assistir a um showzinho por webcam,é ter mesmo, mente depravada...

Oz disse...

Que comentário deselegante, caro Pinguim, nem parece coisa tua. Está-me a parecer que um de nós os dois não percebeu o propósito do que o outro escreveu.

Ronaldo disse...

Olá Oz...
Quanto tempo...

Adorei o texto. Sou meio desse tipo tb puritano..rs

E gostei muito do texto: "Ex, mas pouco..." Pensei sté em usar parte dele para uma nova postagem... Posso??

Abraços!

Paulo disse...

Hehehe... O pior é quando vc literalmente ajoelha, sabe que vai rezar, mas no fundo da sua cabeça fica aquela voz dizendo "Mas que merda eu to fazendo aqui????", só que já é tarde demais... ai, ai, viu...

Visitante novo por aqui, curti o teu blog!!


abraço!

Goiano disse...

Que sera sera
Whatever will be will be
The future's not ours to see
Que sera sera



Ainda me sinto tentado a não deixar por conta do futuro e correr o risco...

jorgeferrorosa disse...

Belo, muito belo o que por aqui li.
Abraço
Jorge

Jackson Jr. disse...

adoro teus textos. e essa sua amiga me lembrou a bridget jones também.

beijão!

SAM disse...

Olá!

Me acabo nos seus textos...

Graças a Deus eu sempre me comportei na webcam!

E assim como voce já passei da idade disso!
:p

Alias sua amiga precisa entender que homem odeia ser chacota! kk

Beijão!

Uillow disse...

Tá... eu já fiz isso (e ainda faço às vezes... HAHAH!). Mas é uma questão mais de curiosidade, ou de ser menos tímido do que pessoalmente. Já você tem atitude, prefere ver o que vai ao vivo e a cores... isso sim é fazer a coisa certa!

Abraços meu amigo!

pinguim disse...

Caro Oz
só hoje, ao ler a tua última postagem, vi o teu comentário ao que aqui deixei escrito; e perante o que li, naturalmente tive a reacção de reler o teu texto:
E, começo por te dar razão, pois a interpretação que dei, ao que escreveste, na primeira leitura, não foi a mais correcta, pois entendi uma "suposta"intenção de praticar um acto, com a consumação do mesmo; se eu não tivesse interpretado mal o texto, o comentário não estaria descabido; como interpretei, só tenho que te pedir desculpa (e a ela, indirectamente, claro...)
Abraço.

Anónimo disse...

Porno Weiber

Amateur Telefon Sex

Privat Amateure