25.2.08

Costas largas

O escritor Yukio Mishima numa alusão a São Sebastião, ícone gay

Reach out and touch faith
Your own Personal Jesus
Someone to hear your prayers
Someone who cares
Your own Personal Jesus
Someone to hear your prayers
Someone who's there

(Personal Jesus, Depeche Mode)


Na semana passada, o mundo escutou, entre a perplexidade de uns e o costumeiro encolher de ombros de outros, mais uma pérola proferida por alguém que insiste em interpretar a religião como um divisor de águas em vez de a entender como uma ponte para melhor entender e aceitar o outro, ainda que diferente.

Disse Shlomo Benizri, um dos 12 deputados do partido ultra-ortodoxo Shas, que integra a coligação do governo israelita no Knesset (parlamento):
- «O Talmud ensina-nos que uma das causas dos sismos é a homossexualidade legitimada pelo nosso parlamento».

Por outras palavras, este senhor atribuiu aos homossexuais a responsabilidade pela onda de sismos que atingiu Israel nos últimos meses, pois Deus ― segundo uma leitura muito particular, para não dizer deturpada, do Talmud (livro sagrado da religião judaica) ― advertiu que não se deve “menear” os genitais indevidamente. Não satisfeito, e ignorando estoicamente uma lei aprovada, em 1988, que reconhece os direitos dos homossexuais em Israel, Benizri fez ainda questão de acrescentar que de nada adianta implementar medidas tardias para combater os movimentos das placas tectónicas se não forem “eliminadas as causas”.

Habituado a declarações deste calibre, a reacção do presidente da Associação Israelita de Lésbicas e Gays, Mike Hammel, socorreu-se da fina ironia para responder à letra:
-"Se alguém pergunta por que os membros do partido Shas estão tão obcecados com a nossa comunidade, podemos responder recordando o caso daquele senador norte-americano que, depois de uma longa e feroz batalha contra os gays, revelou que era homossexual".

Mas eu, que sou (quase) sempre a favor de não perder a compostura, nem a educação, face à intolerância mais primitiva, felizmente, posso mandar aqui o cavalheirismo às malvas e soltar um sonoro: irra que há por ai gente muito (mal) fodida!

19 comentários:

edu disse...

Pois talvez tenha sido exatamente o que ele quis dizer mas não soube completar a própria frase: o problema são os homos mal comidos como ele mesmo e que todos deveriam soltar a franga! :-)

Beijo
Edu

Megafashionist disse...

Ironias a parte, eu só acho que o El niño deveria ser um morenão de 18 anos...

Abraços

Ps. Depois toma uma bomba na cara não sabe porque!

Latinha disse...

Eu nunca entendi porque as religiões não se contentam em apenas "não aceitar" algo, além disso, elas parecem ter um desejo de banir aquilo.

Em uma visão muito particular, eu diria que grande parte sabe que do discurso à pratica vai uma longa distância e que na prática ninguém o ouve.

Nunca aceitei a idéia de que se eu acredito que algo é errado, ninguem mais pode fazer tal coisa.

Abração e Boa Semana!!!

Goiano disse...

sim há muita gente mal fodida no mundo kkkkkkkkkk

bjos garoto... e tenta ser gay guru tbm
so uma vezinha nao mata

eskimo friend disse...

um must, um must.
eu ás vezes nem sei que pensar: se devemos ignorar por complero essas pessoas, ou se lhes deviasmo fazer uma espera...

Râzi disse...

HAuahaauhauahauhauhau!

E eu tenho certeza que ele esta errado porque a causa deve ser, sim, a infinidade de punhetas que o Goiano bate todos os dias!

Haja força nas placas tectônicas pra aguentar isso!!!

Hauahauahauhauahaua!

Beijão!

PS: Amei vc perdendo a compostura!
:D

papagueno disse...

Se calhar um dia ainda se vai descobrir que este senhor também é gay.
Um abraço

Will disse...

E de que maneira caro Oz... de que maneira!

Maurice disse...

Oh Oz!!!
Não me digas que ainda não sabias que a sodomia é causa de monumentais terramotos??!! Eu só tenho pena de não abanar mais as placas... Se pudesse, rebentava com o sismógrafo! :)

Hawk disse...

é fácil falar dos outros.
difícil é olhar pra si mesmo.
este falso moralismo existe em tudo, infelizmente. por isso q acho q nós, gays, ainda não conquistamos nenhum espaço realmente merecido na sociedade.

rato do campo disse...

Mal??? Mortinhos por experimentar! ;) LOL Abraço!

socrates dasilva disse...

Isto de os principios religiosos serem desculpa para frases e raciocinios estupidos deve ter uma explicação. Um prémio nobel para quem descobrir...
abraço

Uillow disse...

Ah meu amigo... é de se revoltar, né?

Mas dê-lhes (com o perdão da expressão) uma PICA BEM GRANDE pra ver se eles não ficam felizes.

Beijo!

Hawk disse...

"Troquei as asas por um coração. Abandonei o pedestal seguro dos que tudo vêem e ouvem, mas nada sentem, pelas pernas doridas dos que não se cansam de errar o caminho na tentativa de acertar. Quis sentir."

nunca nada caiu tão bem pra mim.

Mike disse...

A gente ouve cada asneira... a vontade que dá é de invadir o parlamento com um monte de drags dançando ao som de samba!

pinguim disse...

"rabichos", é o que eles são, esses sacanas dos ultras judaicos...

Mans disse...

esse povo me cansa e me surpreende ainda mais que um bando de babaca atrás desse ser repugnante

ai gisus!
leave us kids alone!

Goiano disse...

tem uma coisinha pra vc no meu blog. bjos

FOXX disse...

hauahuahauhaua

ironia fina!